Tomar sorvete no inverno faz mal?

Essa crença não tem parâmetros médicos e científicos efetivamente comprovados. O que faz mal, no inverno, ocasionando dores de garganta , gripes e resfriados, é a variação brusca de temperatura e a queda da umidade relativa do ar, facilitando a propagação de doenças respiratórias, o que, portanto, não guarda qualquer relação com o consumo de alimentos frios por pessoas que não apresentem restrições ao consumo.

Aliás, o consumo de um bom sorvete pode se transformar em um aliado à saúde. Um sorvete elaborado dentro de rigorosos padrões de segurança e higiene, com matérias primas de alta qualidade e frutas frescas apresenta em sua composição proteínas, vitaminas, minerais e baixíssima quantidade de gordura.

Na gelateria Bella Crema ® de Paulínia os sorvetes são elaborados seguindo rigorosos padrões internacionais para a fabricação dos melhores gelatos: além de extremamente saborosos, os gelatos apresentam cerca de 6% de gordura (0% trans) e os sorbets (sorvetes de frutas) possuem 0% de gordura. Às matérias primas em grande parte importadas da Itália, Argentina, França e Bélgica e frutas frescas, ambas, devidamente pasteurizadas para se garantir um produto livre de microorganismos patogênicos, adiciona-se cerca de 30% de ar.

O ar é importante para o sorvete para lhe conferir uma consistência de “sorvete”, ou seja, cremoso e agradável ao paladar. Porém, ar em excesso transforma o sorvete em algo parecido com um isopor. Há sorvetes no mercado em que há cerca de 120% de ar, ou seja, em um pote de 100 ml mais da metade do conteúdo é ar”, explica o proprietário e gelateiro Nailton Fonseca, que possui formação no exterior, além de participar constantemente de feiras e cursos de aperfeiçoamento, para garantir a cada dia produtos melhores.

Tal como em anos anteriores, no inverno a Gelateria Bella Crema® renova parte de seu cardápio de sorvetes, elaborando sorvete tipo pavê que leva pão de ló em sua composição e entre os meses de junho e julho, ocorrerá o Arraial Junino e será possível encontrar sorvetes “com a cara dessa estação”, dentre os quais, doce de leite, paçoquinha, pé-de-moleque, quentão, dentre outros, mediante constante alternância entre os 16 sabores disponíveis.

Segundo Nailton Fonseca, nessa época do ano, as pessoas procuram sorvetes que relembrem as festas juninas, por se tratar de uma tradição e, talvez, por trazer lembranças da infância, que é uma época boa na vida de qualquer pessoa. “Quem não gosta de uma festa de São João?” divaga Nailton que aniversaria no dia 24 de junho.

Além dos sorvetes especiais de inverno, a Gelateria Bella Crema, renova seu cardápio de cafés, apostando em cafés trufados, saborizados e o já famoso chocolate quente, elaborado com chocolates belga e francês.

Quem pode resistir a essas delícias?

Anúncios
Published in: on abril 24, 2010 at 4:57 pm  Deixe um comentário  

Nossa História

A Bella Crema, nasceu em 23 de setembro de 2003, e neste dia é comemorando o dia do Sorvete bem como o inicio da primavera

Só temos uma loja em Paulínia. Porque Paulínia? Por se tratar de uma cidade em franco desenvolvimento, próxima a um grande centro e com consumidores apreciadores de boa comida e novidades.  Ao concebê-la partimos da perspectiva do cliente, ou seja, bons produtos, com qualidade Premium e preços acessíveis.

Assim, temos um compromisso com a qualidade, seja, relacionada à matéria-prima, produto acabado, higiene e segurança alimentar.

Os produtos são elaborados com matéria-prima nacional de excelente procedência (leite tipo A, ovos pasteurizados, frutas selecionadas) ou importadas da Itália, Bélgica, França e EUA.

Os sorvetes são constantemente reformulados para se garantir a máxima de eficiência e novidades para os clientes. No processo de elaboração o sorvete é pasteurizado (elevando-se a temperatura a mais de 60 graus e imediatamente resfriando-se a 4 graus) eliminando-se o risco de desenvolvimento de microorganismos nocivos à saúde.

Importamos  da Itália no último ano uma mesa gelada  para se mesclar coberturas. No Brasil há duas ou três mesas iguais a essa.

Continue acessando nosso blog bem como nosso site para sempre receber informações e novidades a nosso respeito.

Obrigado pelo seu acesso e sua leitura.

Published in: on abril 8, 2010 at 1:35 pm  Deixe um comentário  

Feira internacional do setor

Sempre Em Busca de Inovações e Aperfeiçoamento, de 6 a 10 de Março de 2010 estivemos visitando uma EUROPAIN & INTERSUC SUCRE et Chocolat, Feira Internacional voltada à Panificação, Confeitaria, Sorveteria e chocolataria, Que se Realizou in Paris-França.

Na feira, estiveram Presentes Os Melhores Representantes da Famosa confeitaria européia e chocolataria, expondo verdadeiras Obras de arte confeccionadas in chocolate e Açúcar.

Tambem expuseram Representantes de Grandes Indústrias e renomadas da área, como Dentre Quais, Barry Callebaut, Valrhona, Pregel, 3 Mec, Fresca, Palcal Caffet, Eraclea, etc

Dentre como Empresas citadas, Destaca-se um Barry Callebaut Que comercializa chocolates de Origem, grand cru, Organicos cultivados e soluço OS Princípios do selo do FAIRTRADE de Comércio Solidário (Paga-se o preco Efetivamente Gasto Pelo PRODUTOR + Lucro), Grande Parte Acessível AO Público da Bella Crema, POIs, comercializados in Nossa loja.

apreciadores parágrafo so as to do chocolate bom, comercializamos CALLETS sensações, Produto “top de linha” da Barry Callebaut: chocolates de Altissimo Padrão Como verdadeiras se fossem pérolas, Tanto, não Formato, Como não Brilho.

Por Esperamos vocês conhecerem parágrafo essas Delícias verdadeiras.

Published in: on abril 8, 2010 at 12:37 pm  Deixe um comentário  

BOLO SUZY

BOLO SUZY

(extraída do livro LAUROUSSE DO CHOCOLATE DE PIERRE HERMÉ)

Para de 6 a 8 pessoas

Preparo 10 minutos

Cozimento 27 minutos

Ingredientes: 250 gramas de chocolate amargo em barra com 60% de cacau ou meio amargo;

250 gr de manteiga em temperatura ambiente mais 15 gr para untar a forma;

4 ovos;

220 gr. de açúcar;

70 gr. de farinha de trigo mais 10 gr. para polvilhar a forma.

Modo de fazer:

Preaqueça o forno a 180 graus. Pique o chocolate com uma faca serrilhada e coloque numa panela para derreter em banho Maria. Bata os ovos com o açúcar. Incorpore a manteiga previamente derretida e, em seguida, o chocolate derretido. Peneire a farinha e acrescente à massa. Unte a forma com 22 centímetros de diâmetro e polvilhe com a farinha. Despeje a massa na forma, leve para assar por 25 minutos. Mantenha a porta do forno entreaberta calçada com uma colher de pau. Retire do forno e desenforme o bolo. Deixe esfriar antes de servir.

Published in: on abril 7, 2010 at 5:34 pm  Deixe um comentário  

Chocolates de origem e chocolates de crus

Não Século XX o Consumo de chocolate FOI Popularizado in forma de tabletes, Biscoitos Laticínios e vendidos Supermercados em. A Partir do Século XXI, o Conhecimento aromas sofisticado dos cacaueiros Passou uma compartilhado com serviços Maior numero de interessados Por Meio da degustação dos chocolates chamados crus de Origem e de. TEM ESSA Abordagem qualitativa Obtido Sucesso Crescente nd Europa, especialmente França nd, nd nd Itália e Bélgica.

Na França, OS tabletes Primeiros fabricados com a Sementes hum Único de País de UMA OU Única Região datam de 1984, rotulados “grands crus de cacau”, sos chocolates com 60 a 70% de cacau SEM se referem Às classificações estabelecidas par o vinho, Seguir rigorosamente como regras Dessa bebida.

Os chocolates de Origem cacau hum devem USAR UMA Única de procedência, OU SEJA, de UMA OU Única País Região.

Os chocolates de Estar crus devem Ligados numa uma Região Geográfica Claramente identificada, Melhor UO, uma Plantação UMA.

Os premiers grands crus e remetem obrigatoriamente crus numa uma caracteristica especial e superioridade comprovada financeiramente um do cacau, Por Exemplo Pelo Elevado preco das sementes.

Destacam-se Como Grandes Produtores de Cacau Fino e Grand Cru: Peru, Equador, Panamá, Republica Dominicana, Venezuela, Gana, Madagascar, Papua-Nova Guiné, Java, Costa do Marfim, Tanzânia, São Tomé.

Published in: on abril 7, 2010 at 5:26 pm  Deixe um comentário